Arquivo de março, 2012

Responsabilidade Social

Publicado: 03/19/2012 em Não categorizado

As nossas mãos precisam fazer mais do que poses de oração.

Em outras palavras é: O compromisso que temos com o nosso próximo não é meramente um dever religioso, nem passível de ponto de vista…se quisermos viver neste mundo com o mínimo de humanidade precisamos nos comportar como seres humanos.Vejo na TV as pessoas procurando encontrar coisas que nem tem certeza de que existem(amor, paz, sentido da vida) e acabam por encontrar pessoas que vêem em suas feridas a oportunidade ideal para se aproveitar e extrair o que suas vidas vazias não puderam lhe proporcionar.

É muito triste ver todos os dias jovens e mais jovens em todas as idades e de todas as cidades encontrando nas drogas, uma resposta infeliz para seus conflitos e tudo porque os que deveriam cuidar dessa questão; estão muito ocupados com luxos e ostentações. Não estou aqui acenando, nem tampouco depreciando ninguém em especial, mas na posição de alguém que professa a fé cristã, sou obrigado a denuncia uma paralisia que existe neste seguimento, nós podemos ser veículos de grande impacto e transformação na vida das pessoas, não apenas no que diz respeito a transformação das pessoas que se decidem a abraçar a nossa fé, mas abrangendo os nossos semelhantes; onde mais deveria brilhar a luz senão no escuro. É muito fácil pregar e não viver, rir sem achar graça, chorar sem estar triste…ser cristão já foi um nome pelo qual as pessoas morriam para não negar a sua fé e hoje por menos de 30 moedas de prata tem pessoas vendendo seus princípios nos púlpitos das igrejas.

Eu sei que nós somos peregrinos e forasteiros neste mundo, também sei que tudo isso ficará para trás, mas qual o legado que pretendo deixar para a minha posteridade? Negligência ou Preguiça! É certo que o que é inevitável não pode ser contido, mas pela pregação de Jonas os ninivitas creram, se arrependeram e foram preservado, então assumo também o direito de lutar pela minha prole que enfrentará um mundo ainda pior que o que tenho enfrentado. Não podemos deixar de fazer as obras que o Senhor deixou para que nós fizéssemos…porque Jesus é muito claro quando fala no Evangelho Segundo Matheus cap. 25 ‘…quando deixaste de fazer a estes meus pequeninos, deixastes de fazer a mim’ . Jesus não outorgou a missão de cuidar de órfãos e viúvas ao Governo, é obra para a igreja…”se o sal tornar-se insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais servirá a não ser, para que seja lançado na terra e pisado pelos homens”

Tome hoje a sua responsabilidade nas mãos, o mundo geme e está com dores de parto..até agora…na expectativa que você desperte…já dormimos o suficiente!

Wandson.DartFrog

Acima da tempestade!

Publicado: 03/02/2012 em Não categorizado

Image

As mudanças sempre são repletas de desconforto, estávamos tão bem acomodados até esses ventos começarem açoitar nossa pequena embarcação. Certamente se nos fosse possível, escolheríamos com um”jeitinho brasileiro” burlar, driblar ou tão somente adiar algumas transformações que a vida nos impõe, mas felizmente, somos forçados a amadurecer diante delas e superar estes obstáculos nos dá provas de que esses desafios nos deixam mais afiados.

             Alguns de nós, temos algumas maneiras peculiares de enfrentarmos tormentas, vejamos: Uns constroem “bunkers’ e vivem supostamente preparados para sobreviver ou ao menos disfarçam a covardia com a desculpa de serem precavidos. Outros fogem, justificados pelo instinto, ainda há aqueles que enfrentam a tempestade como se fossem heróis da “sessão da tarde” e morrem(sinceramente as histórias sobre os heróis foram escritas por aqueles que viveram para conta-las). Por último, os que ficam congelados de medo e não conseguem fazer outra coisa senão buscar escapes e culpados, desejando que o mundo inteiro os vejam como vitimas e que se recusam a assumir o controle de suas vidas.

Inquestionavelmente as tempestades são fenômenos naturais assustadores, que são infinitamente maiores do que nós seres humanos e que tem o poder de remover totalmente os alicerces das nossas vidas e nos fazer empenhar anos de esforços para nos reconstruir(outros jamais o conseguem). Quando olhamos para a Palavra de Deus, temos os exemplos de homens como o rei Davi; que no auge da covardia do seu povo, encontrou forças na sua fé, para aceitar o desafio filisteu e com uma pedra pôs a coragem hebréia em seu devido lugar, ou como Daniel que com a força invisível da oração sobreviveu à cova dos leões, ainda como o rei Ezquias que compreendeu a sua própria força e percebeu que enfrentar a Assíria seria suicídio e por tanto ele precisaria contar com Aquele que tem todo o poder. Estes homens e outros que não poderei citar nos dão exemplo de que não se pode duvidar do poder da natureza, nem da dificuldade que o inimigo representa, mas como as águias entendemos que enfrentar com sabedoria é mais util do que fugir e que se na terra se faz terrível, temos que alçar vôo e com intrepidez desfiar nuvens e ir em direção aos céus para um lugar onde sempre brilha o sol. Para nós, as cicatrizes da vida são troféus e os amigos são pedras preciosas que colecionamos ao longo do tempo e que nos proporcionam mudanças.

As mudanças acontecem para que possamos nos desafiar e superar os obstáculos nos faz mais parecidos com Cristo, certos de que ele nos conforta através daquilo que padeceu. Não desanime!

                                                                                                                           Dart.Frog Wandson