Arquivo de janeiro, 2012

Image

Uma jovem cristã paquistanesa que havia sido sequestrada, convertida ao Islâ forçadamente e obrigada a se casar com seu sequestrador muçulmano, escapou de seu cativeiro depois de 10 anos.

Nadia Naira foi sequestrada quando tinha 15 anos de idade. Ela foi levada por um homem muçulmano no dia 11 de fevereiro de 2001, quando estava em sua cidade natal, no distrito de Sheikhupura, província de Punjab.

Ela disse que, depois que foi sequestrada, ela teve seu nome alterado para Ayesha, nome muçulmano, sem que ela tivesse consentimento do que estava acontecendo. Mais tarde ela foi obrigada a se casar com o homem que a sequestrou.

Os pais de Nadia logo após seu sequestro informaram o incidente para a polícia, mas, embora as autoridades tenham registrado as denúncias, eles se recusaram prender o acusado. A família então levou o caso para a Alta Corte de Lahore.

Nadia então foi ameaçada por seu “marido”, que disse que se ela prestasse alguma queixa contra ele, mataria ela e os pais dela. Temendo por sua segurança e por sua família, Nadia disse para o Juiz que não tinha sido sequestrado e que havia abraçado o Islã.

Nadia desde então não tinha contato com sua família e estava casada com um homem que já esposa e dez filhos. Ele se tornou violento com ela e se viciou em drogas. Ela deu à luz a cinco filhos nesse casamento.

No dia 30 de novembro de 2011, Nadia finalmente conseguiu escapar e voltou para a casa de seus pais. Seus maridos junto com outros homens exigiram que ela voltasse a morar com ele, ameaçando sequestrar as outras irmãs de Nadia. A família então conseguiu um abrigo para Nadia e eles abriram um processo criminal contra o marido.

O sequestro, conversões forçadas ao islamismo e casamento forçados são um quadro muito comum no Paquistão. Ore por Nadia e por sua família, para que ela possa ter tranquilidade e paz para continuar sua vida normalmente.

FonteBarnabas Fund
TraduçãoLucas Gregório